Hoje vou-vos falar das primeiras papas dos meus dois filhos.
A Pilar já tem 4 meses então quis começar a introduzir a papa, principalmente porque preciso de começar a trabalhar (o ideal seria amamentar em exclusivo até aos 6 meses, mas como sabem torna-se bastante difícil).
O Zé Pedro também foi assim, introduzimos a papa aos 4 meses.

Sinto hoje que não fiz a melhor escolha na altura do Zé Pedro, e penso que as fiz: a) porque foi sugestão do médico; b) porque não haviam melhores ofertas no mercado; c) porque era muito novinha e uma maria-vai-com-todas [como as nutricionistas da bolacha-maria] haha –  Mas a verdade é que foi assim – e muito provavelmente, logo que o Zé Pedro saiba ler há-de me pedir uma indemnização pelas piores escolhas alimentares que já tive por ele! hahaha

Escolho sempre começar por uma papa embalada por 3 razões: mais prático, porque tenho confiança na marca e pelo menor risco higio-sanitário. Mas logo que a Pilar se tenha adaptado à colher, vou começar a preparar a papa de cereais em casa.

Então ora aqui vamos:

Papa A – a primeira papa do Zé Pedro
Papa B – a primeira papa da Pilar

Lista de ingredientes: 

Papa A: cereais 56% (amido de milho e farinha de arroz), açúcar, maltodextrina, sais minerais (cálcio e fósforo), gordura vegetal (palma), emulsionante (lecitina de soja), vitaminas (C, niacina, E, ácido pantoténico, B1, B6, A, ácido fólico, K1, biotina e D3) e aromatizante (baunilha).

Papa B: 74% farinha de milho, 17% farinha de arroz integral, 9% tapioca e vitamina B1.

(ambas as papas são não-lácteas, ou seja, devem  ser preparadas com o leite artificial ou o leite materno)

Tabela nutricional – aspectos principais:

Papa A: : Açúcar: 25,5  Proteína: 1,4 Sódio: 6 mg
Papa B: Açúcar: 0,9 Proteína: 8,4 Sódio: 1,9 mg

Vamos enumerar as vantagens da B?!

#1 – Enquanto a A tem apenas 56% de cereais, a B tem 100% de cereais!! Ou seja, a B é literalmente uma papa de cereais. A A é uma papa de cereais com açúcar, gordura [de palma] e vitaminas.
#2 – Os cereais da B são biológicos, ou seja, garantia de não haver pesticidas nem herbicidas na papa;
#3 – A quantidade de açúcar da A é demais! 25,5% de açúcar refinado?! Porque adicionam açúcar a uma papa, uma primeira papa, quando as taxas de obesidade infantil são elevadas? É verdade que os bebés têm apetência por doces mas habituam-se facilmente a sabores simples. Um cereal só por si é doce, ainda para mais com a adição da lactose do leite, a papa fica perfeitamente apetecível (e esqueçam a primeira careta!! Ela já come um prato de papa)
#4 – À partida a adição de vitaminas à papa parece ser vantajosa. Mas se pensarmos que os cereais da papa B vêm na sua forma integral, ou seja completa,  naturalmente terão as suas vitaminas e mineiras. Mas aqui pode ser controverso, em crianças com uma alimentação no total do dia ‘menos completa’ ou desequilibrada, a adição de vitaminas pode ser vantajosa. É questionável!?

[Atenção, eu não sou a favor, nem contra nenhuma marca! O propósito deste post é gerar em cada um um pensamento crítico, em relação à alimentação.Cada bebé é um bebé e a introdução de papa, seja ela qual for deve seguir ordem de um técnico de saúde, quer seja médico ou nutricionista. A escolha da introdução da papa e tipo de papa depende das necessidades específicas de cada bebé e do seu aumento ponderal. É importante adaptar a papa ao restante dia alimentar, e suplementação do bebé. Como tal este é um post meramente descritivo – que conta a minha experiência pessoal].

Dicas para as mães aquando da primeira papa:

#1 – Escolham uma colher maleável e pequenina, que se adapte bem à boca do bebé sem magoar.
#2 – Preparem pouca quantidade nas primeiras vezes, não fiquem à espera que eles comam logo um prato inteiro de papa.
#3 – O mais importante das primeiras vezes é que o bebé se habitue à colher.
#4 – Comecem com uma consistência mais líquida e aos poucos papas mais grossas.
#5 – Se necessário complementem a refeição com o leite materno ou artificial antes ou depois da papa. Quando a Pilar tem muita fome, ofereço primeiro a mama para que fique mais calma, e depois então a papa.

Espero ter ajudado! 🙂

Qualquer dúvida, partilhem!

A minha gorducha quando quer papa!! 🙂