Já ouviram falar no protocolo FODMAPS para a melhoria da saúde intestinal!? (E sim, lê-se FODMAPS, não FOODMAPS) 😜
Este protocolo trata-se de uma estratégia nutricional utilizada pontualmente em casos de inflamação intestinal, e que tem se revelado bastante eficiente na melhoria de sintomas como gases e enfartamento!  😓
Os FODMAPS são um conjunto de hidratos de carbono que podem ser de difícil digestão para algumas pessoas. A sua sigla vem de:

Fermentable (Fermentáveis)
Oligossacaridos
Dissacaridos
Monossacáridos
And (e)
Ps Polióis!

Estes alimentos apesar de ‘saudáveis’ e ricos em nutrientes possuem como característica uma maior absorção de água (osmótica) e por sua vez fermentativa (que fermenta, e produz gases). Desta forma parece piorar estes sintomas que vos falei anteriormente.

Entre os alimentos FODMAPs estão:

❗ Frutose (maçã, pêra, melancia, manga, mel);
 Lactose (queijo, iogurte, leite);
 Fructanos (trigo, alho, cebola, espargos frescos, brócolos, couve-repolho);
 Galactanos (leguminosas como grão, feijão, favas, feijão, lentilhas e soja);
 Polióis (couve-fllor, xilitol, cogumelos, e frutos com caroço como abacate, damascos, cerejas, nectarinas, pêssegos e ameixas).

Pois é, é uma lista com vários alimentos saudáveis… daí ser sempre importante uma avaliação individual e uma aplicação pontual, apenas em fases agudas da sintomatologia!!! 📍🙌

Este protocolo foi desenvolvido pela Universidade de Monach para ajudar no tratamento das síndromes do intestino irritável… e é importante compreender que por si só não resolve nenhum problema!! Para conseguirmos ‘tratar’ um intestino, temos de ter em conta vários distúrbios: disbiose, sindromes inflamatórias, alterações na permeabilidade do intestino, e tratar as várias causas (raramente é apenas uma!)… só assim conseguimos respeitar o nosso intestino e compreendê-lo melhor!! 😉

Mas cada caso é um caso (como sempre), e para mais dúvidas, conversem com o vosso nutricionista! (nada de aventuras)!